Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
CIDADES

Enfermeiro assume a gerência do Hospital Emílio Carlos, em Catanduva

Publicada em 12/08/19 às 22:41h - 855 visualizações

por WEB TV SA / INFORMAÇÃO / ENTRETENIMENTO


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: WEB TV SA / INFORMAÇÃO / ENTRETENIMENTO )

Especialista em administração hospitalar, o enfermeiro Benedito Carlos Rodrigues atua há dois anos como gerente de serviços administrativos do Hospital Emílio Carlos (HEC), em Catanduva, no interior do estado. Inicialmente, o hospital era um sanatório que foi desativado na década de 80. Logo, passou a ser administrado pela Fundação Padre Albino (FPA) e, atualmente, ele presta atendimento ambulatorial com todos os seus leitos dedicados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

A trajetória do enfermeiro teve início há 27 anos no HEC, quando começou a trabalhar como atendente de enfermagem em 1992. Desde então, ele viveu uma série de ascensões na carreira: dois anos depois, já atuava como técnico. Em dezembro de 2008, ele assumiu a função de enfermeiro e, após cinco anos, foi convidado para exercer o cargo de gerente de serviços administrativo do hospital. Além de gerente, Benedito trabalhou num projeto de inauguração de uma ala da instituição e, também, de implantação do programa 5S (programa de gestão de qualidade empresarial desenvolvido no Japão que visa aperfeiçoar aspectos como organização, limpeza e padronização).

“Ter a oportunidade de exercer a função de técnico por 16 anos na mesma instituição e realizar a graduação, permitiu-me focar na gestão hospitalar. Meu trabalho de conclusão de curso foi sobre a liderança baseada em valor, ou seja, consegui juntar a teoria com a prática por conta da minha experiência”, diz o gerente.

Benedito conta que o cargo atual requer muita responsabilidade. Segundo ele, ser gestor de um hospital que atende pacientes do SUS não é uma tarefa simples. “Acredito que a vida é feita de desafios. Os obstáculos são essenciais para o crescimento profissional e pessoal. Passamos por momentos delicados na política que refletem severamente nas questões de saúde pública, mas estou feliz por representar a enfermagem. Afinal, sou mais um enfermeiro ocupando um cargo significativo na saúde”, declara.

A certeza de fazer algo com amor é o que move o gerente. Para ele, ter autonomia na realização das práticas de assistência contribui efetivamente para o reconhecimento e a valorização da categoria.

“Minha história profissional evidencia que podemos alcançar tudo aquilo que almejamos. Mesmo que alcancemos o sucesso, nunca devemos esquecer as nossas raízes. Sigo diariamente em busca da minha ética profissional, dando o meu máximo em qualquer situação”, finaliza.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

  1799766-2003 / 1799722-6823

Visitas: 2000176
Usuários Online: 54
Copyright (c) 2019 - WEB TV SA / INFORMAÇÃO / ENTRETENIMENTO - Todos os direitos reservados